Leituras Espirituais » Para refletir » A Amizade entre o Monge e o Coelho

A Amizade entre o Monge e o Coelho

Era uma vez, em um vilarejo tranquilo no meio da floresta, um bondoso monge que vivia em harmonia com todos os animais ao seu redor. Ele era conhecido por sua sabedoria e compaixão, e todos que o conheciam o admiravam por sua bondade.

Um dia, o monge encontrou um pequeno coelho ferido na beira do rio. Com cuidado e carinho, ele cuidou do animalzinho, limpando suas feridas e alimentando-o com carinho. O coelho, por sua vez, sentiu uma profunda gratidão pelo monge e decidiu ficar ao seu lado para sempre.

Com o passar dos dias, o monge e o coelho se tornaram inseparáveis. Eles caminhavam juntos pela floresta, compartilhando momentos de silêncio e contemplação. O coelho, mesmo sendo pequeno e frágil, protegia o monge de perigos invisíveis e o acompanhava em todas as suas atividades diárias.

Um dia, enquanto o monge meditava sob a sombra de uma árvore, um grupo de lobos famintos apareceu, rosnando e mostrando os dentes afiados. O monge, mesmo sendo calmo e pacífico, sabia que precisava proteger-se e ao seu amigo coelho. Com coragem e determinação, ele levantou-se e encarou os lobos, sem medo.

Os lobos avançaram, mas o coelho, vendo o perigo iminente, saltou à frente do monge, enfrentando os lobos com toda a sua coragem. Ele correu em círculos ao redor dos predadores, distraindo-os e protegendo seu amigo monge. O monge, emocionado com o gesto de coragem e lealdade do coelho, agradeceu-lhe com um sorriso amoroso.

Os lobos, confusos e surpresos com a determinação do coelho, desistiram de atacar e fugiram para longe. O monge abraçou seu amigo coelho, agradecendo-lhe do fundo do coração por ter-lhe salvado a vida.

A amizade verdadeira é um tesouro precioso que devemos cultivar e valorizar em nossas vidas. Assim como o monge e o coelho, devemos estar sempre ao lado daqueles que nos amam e nos protegem, enfrentando juntos os desafios e as provações da vida.

Comente sobre o texto